sexta-feira, 29 de julho de 2022

TOMAI CUIDADO COM TODO TIPO DE GANÂNCIA


Todos queremos ser felizes? Mas onde está a felicidade?

Conta à história da África do Sul que um inglês estava visitando algumas tribos das savanas, quando viu as crianças brincando com pedrinhas brilhantes. Observando melhor, ele notou que eram diamantes. O inglês ofereceu trocar um punhado de pedrinhas por um saco de tabaco, aceitaram na mesma hora.

O Inglês vendeu aqueles diamantes e, comprou toda aquela região, tornando-se o maior comerciante de diamantes do mundo. Os primeiros donos perderam toda a sua riqueza porque não souberam valorizar o que tinham debaixo de seus pés.

Muitos vivem sobre uma mina de diamantes e não sabem. O Famoso eu era feliz e não sabia. Só vão dar valor quando perdem, o emprego, a saúde, os pais, os filhos, os amigos, o casamento...

Para o mundo, felicidade, é ter isso ou aquilo, é poder fazer o que se quer; pura mentira, felicidade não é ter ou poder, felicidade é ser. Ser pai, ser mãe, ser amigo, ser irmão. Que adiante ter um celular moderno se ninguém me ligar; um caro de luxo se não me levar ao encontro de ninguém, uma mansão se ninguém me visitar. Não existe felicidade fora do calor das relações humanas.

A felicidade também não é ausência de problemas. Pois mesmo em meio a dores e sofrimentos podemos amar, ser amador, e ser feliz.

Um o casal de recém-casados entrou em sua humilde casa, e o marido falou: “Querida, vou trabalhar muito até que um dia sejamos ricos”. A esposa respondeu: “Mas nós já somos ricos, pois temos um ao outro; o que é possível é que, um dia, se tenha algum dinheiro”.

Jesus lhes fala de maneira clara: que existem as Riquezas aparentes, passageiras que são enganadoras, infeliz do homem que dedica toda a sua vida apenas a adquiri-las. E existe as Riquezas verdadeiras, os bens espirituais, essas são eternas.

Não posso imaginar um maior investimento no futuro do que a pratica da caridade, pois só levaremos conosco desta vida tudo que soubemos partilhar com os irmãos, nosso amor, nosso tempo, nossos bens, tudo que guardamos para nós, ficará para traz.

Pesquisas comprovaram que as pessoas são mais felizes quando ajudam os outros. Os benefícios para a saúde associados a pratica da caridade temos:

Diminui pressão arterial; Melhora autoestima; Menos depressão; Diminui o estresse; Prolonga a vida; Mais felicidade e satisfação.

Caridade faz bem e prolonga a vida. Estudos mostram que aqueles que dão suporte a outros vivem mais do que aqueles que não fazem isso. Isso inclui apoio a amigos, parentes e vizinhos.

O voluntariado também retarda e previne Alzheimer e Parkinson.

O hábito de se voluntariar melhora da autoestima; reduz problemas; e aumenta as realizações pessoais.

Quando falamos sobre doação, não precisa necessariamente ser dinheiro, a mais valiosa de todas as moedas, é a doação de si próprio, destacando algumas horas, na semana para ajudar na Igreja em alguma pastoral ou serviço.

Como nos ensina São Francisco, é dando que se recebe, ao prestar ajuda estamos dando compaixão e amor, e assim receberemos o mesmo em troca durante a vida em forma de calma, serenidade, paciência para resolução de questões importantes e até mesmo auxílio na cura de diversas doenças.

Se você já ajudou alguém, ou participou de alguma pastoral, com certeza já teve a sensação de paz interior que esse ato causa.

Irmãos, quando nos doamos algum voluntariado, ou mesmo doamos dinheiro, alimentos ou agasalhos, enfim ajudamos o próximo, estamos abrindo as portas do nosso espírito para recebermos a graça de Deus em nossa vida.

Caridade é um vício bom na vida, quando você começa a praticar percebe o quanto se sente bem e principalmente o quão fez bem ao próximo!

A LENDA DA A MULHER MAIS FELIZ DO MUNDO

Antes de terminar quero deixar claro que: Jesus condena é a riqueza adquirida ilicitamente, à custa da exploração do próximo. Riqueza não é pecado, o mau uso dela sim.

Jesus nos ensina que os bens deste mundo são passageiros e precários e que devemos guardar um tesouro no céu, onde a traça não come, a ferrugem não corrói e o ladrão não rouba.

sábado, 2 de julho de 2022

Pedro e Paulo - Dia do Papa

         Hoje a Igreja celebra São Pedro e São Paulo, duas colunas da Igreja. Pedro o príncipe dos apóstolos e primeiro papa, Paulo apostolo das nações, incansável pregador do Evangelhos. 

Pedro, um dos primeiros discípulos do Senhor. Participou da intimidade de Nosso Senhor, caminhou com Ele, ouviu suas pregações, questionou as suas dúvidas, assistiu seus milagres, esteve com o Senhor na Transfiguração e no Jardim Das Oliveiras, professou uma fé sobrenatural no Filho do Deus Vivo, recebeu do Senhor a tarefa de ser Pedra de alicerce da Sua Igreja, - “Pedro tu és pedra e sobre essa pedra edificarei a minha Igreja”. Generoso, impulsivo, e frágil, chegou a negar o Mestre, mas se arrependeu e após a ressurreição, teve confirmada a missão de apascentar o rebanho de Cristo. Pregou o Evangelho e deu seu último testemunho em Roma, onde foi crucificado, de cabeça para baixo. 

Paulo foi perseguidor dos cristãos, até ser alcançado pelo Senhor Ressuscitado na estrada de Damasco, onde iria prender e condenar os discípulos do Senhor. Mas Jesus o queria como seu apóstolo. Tornou-se um incansavelmente pregou do Evangelho, fez grandes viagens missionárias pelas principais cidades do Império Romano e fundou igrejas, que continuam vivas até hoje. Mesmo sofrendo na prisão, não se abateu, escreveu cartas cheias de esperanças e alegria no Senhor, corrigindo e confirmando na fé, as comunidades por ele fundadas. Cartas cheias do Espirito Santo, que chegaram até nós, nos animando nas horas difíceis e nos colocando novamente no caminho quando nos devíamos. Por fim, foi preso e decapitado em Roma. 

Nos encantam nestes gigantes da fé, o ardor missionário, a coragem nas contrariedades, a fé inabalável. Passaram por muitas provações e nunca desanimaram... Claro que ambos experimentaram também, no seu dia a dia, a presença e o socorro do Senhor, pois Deus não desampara quem a ele se confia. 

No Evangelho de hoje, quando Jesus pergunta: “Quem dizem os homens que eu sou? ” Temos respostas erradas. Isso porque somente a razão humana, jamais alcançará a Deus. A verdade sobre o Senhor Jesus somente pode ser compreendida à luz da fé. 

Mas, para nós cristãos, como para São Pedro e São Paulo, Jesus não é uma história que ouvimos dizer, mas um amigo que participa de nossa vida. E nessa convivência dia a dia ele vai se revelando como Deus e único Salvador. 

Quando nosso mundo vira as costas para o Cristo. Até podem afirma ter fé em Deus, pedindo que ele resolva os seus problemas, mas não estão dispostos a se deixar guiar por sua Palavra. 

Hoje também é o dia do Papa. Quando no Evangelho ouvimos: “Pedro tu és pedra e sobre essa pedra construirei a minha Igreja”, vemos claramente que existe uma Igreja, uma única Igreja, apenas uma Igreja que nosso Senhor chama de minha igreja, a Igreja onde está Pedro, onde está o Papa.

Quando surgem tantas e tantas seitas, nossa comunhão com o Papa é garantia da estarmos com verdadeira Igreja. Quando o mundo diz que qualquer coisa está “bom”, tudo está bem, a palavra de Papa é, para nós, uma certeza do que é ou não é conforme a Palavra de Deus. 

Onde está o Papa está a Igreja de Cristo. 

E mais que isso o Papa não era, pois a ele foi entregue o poder das chaves: “ Eu te darei as chaves dos Reino dos Céus, o que ligares na terra será ligado nos céus o que desligares na terra será desligado nos céus.

E mais que isso essa Igreja fundada por Cristo será eterna e invencível pois “ o podre do inferno nunca poderá vence-la.

Rezemos, hoje, pelo nosso santo Padre, o Papa Francisco. Que Deus lhe conceda saúde, e a firmeza necessária para conduzir a Igreja nesses tempos difíceis que estamos vivendo. E a nós, o Senhor conceda permanecermos fiéis até a morte na Igreja católica, onde está a fé de Pedro e de Paulo, pela qual, em nome de Jesus, “Cristo Filho do Deus vivo”, os santos apóstolos deram suas vidas. 

São Pedro e São Paulo – Rogai Por nós!

 

sábado, 21 de maio de 2022

50tão

Quando eu tinha 8 anos, o pai fez uma bonita festa comemorando os seus 40 anos lá em encantado, eu me lembro que naquela noite eu fiquei pensando quando eu deitei, meu pai está bem velhinho, logo ele vai morrer e eu vou ficar sem pai. O tempo passou de pressa hoje eu seu o velhinho, e o pai tai aí firme e forte.

Celebrar 50 anos, não é pouca coisa! Significa: saudade de tudo que já vivi; gratidão a todos que sempre estiveram ao meu lado; esperança de dias melhores; e urgência na minha conversão, pois o tempo passa muito rápido.

Como nossa Santa Mãe Maria Santíssima devo exclamar: o Senhor fez em mim maravilhas. O Senhor olhou para a pequenez do seu servo e fez grandes coisas em meu favor.

Com gratidão, esperança, saudades, e Fé, que desejo celebrar com vocês, meus 50 anos de vida. Estou até admirado que tenha vindo tantas pessoas pois eu sei que não sou fácil.

A vocês meus parentes e amigos, não preciso me apresentar. Sou o que sou desde que vim ao mundo: o mesmo sorriso –ainda tenho todos os dentes, uma boa casmurrice disfarçada em serenidade, traços de bondade, boa dose de impaciência e ansiedade, preferência pela solidão, boa memória, mas com certa preguiça intelectual, muito prático, apaixonado pelo belo e pela organização.
Choro pouco. Poderia chorar mais.

Comove-me a bondade, o sofrimento inocente, as injustiças, espetáculos de arte. Irrita-me a desonestidade, a covardia de quem estraga a vida de pessoas, sem assumir seus atos, o famoso - dá o tapa e esconde a mão. Posso afirmar com certeza que, pela graça de Deus, nunca agi maldosamente em relação a outras pessoas mesmo que me tenham feito mal a alguém não foi minha intenção. Busquei sempre ver o lado bom que existe em cada um.

Exerci diversos cargos e funções, em todos sempre busquei a união das pessoas, nunca a divisão, sempre procurei jogar o balde de agua fria, nunca coloquei lenha na fogueira. Em todos os cargos que tive, sempre tentei dar a cada um o espaço que o faria mais feliz. Nem sempre acertei.
Tenho consciência dos meus limites. São muitos.

Deus me deu amigos e amigas. Mais do que mereço. Me sinto rodeado de bênçãos de Deus. Enumero as principais: minha família, minha terra natal a Cidade de Cachoeirinha, o Estado do Rio Grande do Sul, o povo gaúcho, a Igreja da Arquidiocese de Porto Alegre, as Paroquias que eu servi como padre, Nossa Senhora de Navegantes de Arambaré, São João batista de Camaquã, Imaculada Conceição e Nossa Senhora de Fatima de Canoas, São Sebastião de Porto Alegre, desde então ele tem sido o meu Santo, e o Meu santo é forte, e a Nossa Senhora da Boa Viagem de Cachoeirinha, onde fui batizado, ordenado e até hoje muito amado.

Algumas paixões marcaram minha vida: a Primeira e maior até hoje, Nossa Senhora Aparecida, Guadalupe, São Sebastião, São Carlos de Foucauld, Santa Josefina Bakita, a Bandeira do Divino, e a maior de dotas as devoções da Igreja o Sagrado Coração de Jesus.

Aprendi muito com a pastoral da sobriedade, como os dependentes químicos e seus familiares, com a Legião de Maria e com os 6 anos que estive diariamente na Rádio Aliança.

Gosto de uma fofoquinha, mas quem não gosta?
Amo jardins e confeitarias, mas isso não preciso dizer, vocês já sabem.

Minha maior frustração é não ter desenvolvido nem dom musical, já me convenci que nunca vou tocar um instrumento, e embora, desafine até nos parabéns a você vou continuar cantando, azar de vocês que tem que me escutar.

A primeira oração que faço todos os dias ao acordar é uma Ave Maria. Digo Ave Maria e fico em silêncio esperando que ela me responda Ave Eduardo, até agora não respondeu, mas quem sabe um dia, não vou perder nunca essa esperança.

E sempre quando comungo faço a oração de Santo Inácio: Tomai, Senhor, e recebei toda a minha liberdade, minha memória, meu entendimento e toda a minha vontade, tudo o que tenho e possuo vós me destes, com gratidão vos devolvo. Dai-me somente o vosso amor, vossa graça.
Isto me basta, de nada mais preciso. Amém.

No Evangelho, Jesus fala em amizade e amor. Diz que a amizade não é somente a gente simpatizar uns com os outros, não é somente gostar da companhia do outro. Amizade é compromisso, amor é compromisso e fidelidade.

Meus amigos, estou cada vez mais velho e rabugento, cada vez mais tímido e casmurro, mas não sou ingrato e continuo com boa memória, pois isso contem sempre com minha amizade, amor, compromisso e fidelidade

Eu creio que cada pessoa leva dentro de si um desejo de Deus, porque fomos criados por Deus e para Deus, e só em Deus encontramos a verdadeira felicidade que não se cansamos de procurar.
Related Posts with Thumbnails